Teoria geral da administração | Parte 2

Olá, vou continuar falando um pouco sobre administração pois achei o tema bem interessante =D

Teoria clássica da administração

Bem a teoria clássica da administração foi criada por Henry Fayol, publicada em 1916, trazia recomendações  para a melhor estruturação de uma empresa para que esta chegasse a máxima eficiência possível.

Neste mesmo período foi desenvolvido a teoria cientifica da administração, que argumentava sobre as melhoras da empresa porem este no nível operacional.

Na teoria clássica da administração, Fayol definiu que uma empresa deve ter cinco funções essenciais, e são elas:

  • Função Financeira: Esta que irá cuidar de tudo relacionado as finanças da empresa, bem como o pagamento de salários, a compra de matéria-prima, entra varias outras;
  • Função Contábil: Esta cuida de todos os ativos presentes na empresa, sendo responsável em gerar inventários e a relação de bens da empresa;
  • Função Segurança: Aqui se ficava responsável em criar segurança para os bens da empresa e para os funcionários;
  • Função Técnica: Já a função técnica é a que realmente realiza as atividades de produção dentro da organização, ficando responsável em criar os produtos que serão comercializados;
  • Função Administrativa: Por fim a função administrativa, mesmo que as outras tenham grande importância na empresa, esta tem uma certa função a mais, isto porque é a responsável em ligar e manter todas as demais funcionando perfeitamente.

Perceba que as funções descritas acima devem ser separadas e supervisionadas pelo Administrador, então Fayol também definiu as características que um administrador deve exercer e são elas:

  • Planejar: Cuida dos planos e metas da empresa, é nesta parque que o administrador pensa no futuro da empresa;
  • Organizar: Aqui é feito a separação dos departamentos da empresa;
  • Coordenar: A função de coordenar é muito importante já que ela mantem a harmonia entre todas as demais funções;
  • Supervisionar: Aqui é o momento em que o administrador verifica, tira duvidas e motiva seus operários a realizar suas atividades;
  • Controlar: O controle deve ser feito pois é através deste que se verifica se os planos e as metas estão sendo atingidos.

 

Administração cientifica

Desenvolvida por Taylor, a teoria da administração cientifica impunha que a ciência poderia ajudar a aumentar a produtividade e  ao mesmo tempo a satisfação do operário. Quando foi implantada causou uma  enorme discussão sobre o que realmente esta teoria estava representando isto porque, os funcionários trabalhavam muito mais, mas não se engane, ao mesmo tempo existiam trabalhadores ganhando o dobro que ganhavam antes da aplicação da teoria.

Agora vou listar as principais características da administração cientifica:

  • Estudo do tempo de movimento: Esta parte estudava o tempo que o operário levava para realizar uma ação, além de apresentar melhorias para que este tempo fosse diminuído e assim aumentasse a produção;
  • Estudo da fadiga humana: Foi observado que a fadiga humana causava muitos gastos a empresa, pois havia muitos funcionários doentes, pedidos de demissão o que aumentava a rotatividade de pessoal. Então foi realizados estudos para a melhoria dos processos;
  • Especificidade na função: O trabalhador teria uma unica função, o que segundo Taylor aumentaria sua maestria naquela atividade;
  • Espaço de trabalho: O espaço de trabalho é considerado algo muito importante, foi aqui que o cuidado com as ferramentas e afins começaram;
  • Comando único e especifico: Cada função tinha seu supervisor especifico, e cada operário tinha um único chefe apenas.

Bom desta teoria devemos lembrar de nomes como Henry Ford, que elevou ela ao extremo gerando níveis de produção nunca vistos antes. Porem a administração cientifica não tratava o homem como um ser vivo e sim como uma maquina, isto fez com que Fayol fosse muito criticado. Por fim a teoria é criticada por seus processos muito repetitivos, sem contar que não havia muita base cientifica, além de que a especificidade de função gerava uma enorme fadiga nos trabalhadores.

Teoria das relações humanas

A teoria das relações humanas foi a primeira a começar a se preocupar com o ser humano, trazendo características que valorizavam mais o homem, o tratando melhor  e não apenas como uma maquina. No inicio desta teoria se teve o experimento de Hawthorne, conduzido por Elton Mayo, que foi dividida em três etapas estas que colocavam a prova os extintos humanos para saber se estes reagiriam.

1° Fase – Buscava saber se os estímulos humanos eram ativos quando relacionados aos elementos de ambiente como água, luz. E sim descobriram que os funcionários ao verem suas lampadas acenderem mais e depois apagar, se sentiam olhados por alguém o que gerava mais produção;

2° Fase – Realizado teste com um grupo de pessoas, nestes foram postos e tirados benefícios, e ao termino deste foi possível notar que as pessoas tinham relações informais;

3° Fase – Para provar o que foi visto na segunda fase, foi feito um terceiro estudo e comprovado a teoria, também foi possível perceber que estes grupos informais influenciavam na produção dos operários.

Com estes resultados Mayo percebeu e nomeou os fenômenos como “homem social”. E a partir deste momento os operários começaram a ser percebidos como serem humanos e não apenas como máquinas.

Aqui os operários começaram a ser recompensados para que caso tenha tido alguma frustração dentro da empresa este seja corrigido com as premiações. Também com esta teoria as empresas começaram a se preocupar com as morais que estavam passando para aqueles que estavam trabalhando no lugar.

E por fim há a questão da comunicação, que começaram a ser vistas como elemento de relação social e não somente um meio de avisos.

Bom pessoal é isso, espero ter ajudado =D

Até mais.

 

 

Advertisements

Teoria geral da administração | Parte 1

Olá, bom o foco deste blog é tratar de assuntos relacionados a código e matemática =D, mas nada impede de uma vez ou outra postar conteúdos diversificados, vou fazer isso porque gosto de compartilhar o que venho lendo, vamos lá.

As visões futuras para a administração

Bom todo administrador deve tomar bastante cuidado no que diz respeito as suas visões da empresa, isto porque um simples deslize pode trazer graves problemas para a empresa a qual ele administra, então aqui vou listar simples fatos que todo administrador deve colocar bastante atenção.

  • Rápidas mudanças: Este é algo relativamente novo, digo isto porque a 10 anos atras as empresas não tinham uma preocupação tão grande com os avanços tecnológicos, muito menos em investir em pesquisas para o desenvolvimento de novas tecnologias. Estas estavam preocupadas em se manter no topo, fabricando muito, e com mão de obra o mais barato possível. Mas este cenário acabou mudando, com a evolução tecnologia, todo este “conforto” que as empresas tinham foi trocado por rápidas mudanças, que se não tem uma devida atenção há uma enorme perda em relação aos demais, então lembre-se, tudo só tende a ficar mais rápido;
  • Empresas extremamente complexas: Bom que as empresas são algo bastante complexo não é novidade para nenhum de nós, porem, toda esta estrutura tende a ficar ainda mais complexa. Digo isto porque cada vez mais as empresas tem muitas sedes pequenas nos mais diversos lugares, e não é porque são pequenas sedes que não produzem muitos materiais, pelo contrario, estas acabam produzindo muito, e muito. Fazendo assim que a administração da empresa se torne algo bastante desafiador;
  • Administrador muito bem qualificado: Já se foi o tempo em que a empresa tinha um único chefe que tomava todas as decisões, e que em muitas vezes este não tinha o domínio total de todas as tecnologias que sua empresa tinha, o que fazia com que ele tomasse as decisões de maneira errada, dificultando o crescimento da empresa. Agora a necessidade que se tem é de um administrador que tenha o máximo de conhecimentos possível, para que ele consiga tomar as decisões da melhor maneira possível, caso isso não seja possível, descentralizar o poder de decisão pode ser algo a se pensar.

Fatores que podem influenciar as empresas

Há diversões fatores que podem influenciar a empresa e seu desempenho, abaixo coloquei alguns destes.

  • Rápido crescimento: Acima disse sobre as rápidas mudanças, e as empresas devem perceber que caso ela cresça de maneira muito rápida é necessário que ela mantenha seu crescimento de maneira uniforme, ou seja, tudo cresça de maneira igual, equilibrada, caso contrario esta terá problemas em alguns desses setores o que pode causar enormes problemas futuros. A empresa só obterá sucesso se esta tiver muito bem organizada estruturalmente, sabendo controlar todas os seus recursos, armazenamentos, setores, produção e níveis  de saída de seus produtos.
  • Concorrência aguda: Este é um dos fatores que causa um enorme problema em muitas organizações, isto porque demorar a buscar novas tecnologias e quando o fazem há varias outras já realizando melhores serviços com menores preços. Então toda empresa para que se mantenha no mercado é necessário se manter muito bem atualizada a ponto de conseguir enfrentar concorrentes sem a perda de mercado. Assim sendo necessário a preparação de todo o pessoal, para que saibam agir no momento correto;
  • Pesquisas e investimentos em novas tecnologias: Acima foi dito sobre a concorrência, e que ela pode fazer com que o negocio sofra com grandes perdas, então uma das maneiras de se manter a frente de toda a concorrência é investir em novas tecnologias para a realização de trabalho bem como a criação de novos produtos para o mercado. Sem contar que o investimento em formas de comunicação pode influenciar e muito a produtividade de sua empresa;
  • Produtividade: Falado de todas estes fatores que podem trazer problemas a organização, não podemos deixar de falar sobre a produtividade, o carro chefe de qualquer organização, isto porque é ela que dita tudo aquilo que será feito pela empresa, a maneira com que a industria irá produzir e melhorar seu produto/tempo, esta influencia fortemente a maneira com que seus clientes veem a empresa;
  • Imagem: Por fim um fato que não podemos deixar de comentar é a imagem, está que trata a forma com que o meio externo e interno vê sua empresa, é através dela que se irá chamar ou repelir a atenção de investidores, consumidores e colaboradores.

Veja que até este momento tratei basicamente sobre as formas e maneiras de dificuldades que um administrador irá enfrentar, mas agora vou mostrar algo um pouco diferente, uma forma de administrar que pode resolver muitos desses problemas, veja:

Administração inovadora

Este formato de administração busca romper dogmas, e criar/reorganizar as maneiras de se ver e administrar uma empresa, aqui há um enfoque muito grande na questão do líder, aquele que ajuda sua equipe a chegar ao topo, e não como acontece com os “chefes”, que ficam no “topo”  esperando seus funcionários chegarem com os resultados.

Aqui todo o enfoque está na melhoria do ambiente seja este social, profissional ou físico. O administrador inovador busca junto com sua equipa a melhoria de processos já existentes, ou seja, realizar  mais com menos, ou mais com que já se tem. Este processo pode ser feito realizando melhorias nos processos, treinando melhor os funcionários, ou simplesmente ouvindo mais todos aqueles que participam efetivamente do processo operacional da empresa, o que realmente entende das necessidade e problemas operacionais que a empresa enfrenta. Com esta forma de administração toda melhoria é bem vinda, mas é necessário que se tenha senso critico, para entender quando é a melhor hora de realizar as mudanças.

O administrador inovador nem sempre será aquele que inova, e sim o que implanta as inovações. Toda administração inovadora deve ter FOCO, AJUSTE, CONECTADO, PERSISTÊNCIA.

Cultura organizacional

Cultura organizacional nada mais é que pressupostos criados por algum grupo para a solução de algum problema externo ou interno. E caso este seja provado como verdade começa a ser passado para todos aqueles que sejam mais novos no grupo, para que eles também criem a conduta para a solução de problema. Isto também acontece dentro de uma organização, porem de maneira um pouco diferente, isto porque em uma sociedade, a cultura organizacional é dada através de crenças, dogmas, preconceitos e superstições. E todas estas influenciam diretamente na maneira com que as pessoas irão agir, este é um bem imensurável, só é percebido depois de certo tempo de convivência com ele, sem contar que muitas das vezes não é possível perceber que o individuo mudou por causa da cultura organizacional do ambiente.  Já em uma organização este ocorre também de maneira invisível, porem é trabalho da organização cuidar para que crenças e superstições não afetem seus processos. Veja um exemplo, há uma nova forma de trabalho que esta sendo implementada e seu nível de negação é muito grande, isto ocorre porque a cultura do local fez com que as pessoas não tivessem o costume de mudança. É importante lembrar que a cultura organizacional influencia e muito o ambiente, o que consequentemente irá influenciar a maneira de agir, reagir ao ambiente, bem como se este funcionário é comprometido ou não com a empresa, tudo isso está relacionado as formas de cultura organizacional da empresa.

Para que seja possível analisar a forma de cultura organizacional é necessário analisar os seguintes itens:

  • Saber ideológico: As formas de doutrina;
  • Saber cientifico: Este relacionado ao entendimento geral do individuo;
  • Saber artístico: Relacionado as formas de expressão;
  • Saber técnico: Por fim este se relaciona a maneira de seguir procedimentos, regras e manuais.

Finalizo por aqui esta primeira etapa deste post espero que gostem. Até mais =D